+ B Inspiração Brasil




O Mar de Ilusões na SP-Arte 2012.


A rebuscada instalação do artista plástico Raimundo Rodriguez, foi uma das obras mais
visitadas da SP-Arte de 2012. Com uma dimensão total de 2.10m de altura por 2m de largura
por 1m de profundida, o “Mar de Ilusões” criado pelo artista, provocou enorme curiosidade
no público presente, revelando o aspecto lúdico por trás de uma densa simbologia e de um
contínuo processo de ressignificação. Personalidades importantes do mundo da arte como
Gilberto Chateaubriand, Nelson Leirner e Efrain Almeida foram alguns dos ilustres visitantes.
Movida mecanicamente por meio de um conjunto de intrincadas engrenagens, a obra fazia
girar, ao simples toque de um botão, duas grandes rodas de bicicletas. Simultaneamente tais
estruturas ativavam uma luz vermelha que piscava em intervalos desconexos, semelhante a
um “sagrado coração”. A partir deste tom sacro representado por diversos objetos afetivos,
tais como: flores de latas, gesso, fotografias de primeira comunhão, madeira, papelão, entre
outros, o artista desenvolveu seu particular mar de ilusões que se assemelhava a uma caixinha
de música em tamanho colossal atingindo o incomensurável dos mares e das ilusões.

Renata Gesomino.

Curadora e crítica de arte independente. Doutoranda pelo PPGAV-UFRJ.




Nenhum comentário:

Postar um comentário